Deixe um comentário

Exposição e atividades de intercâmbio comemoram o tratado de amizade entre Gifu e Brasil

Faz 100 anos que os moradores da província viajaram para o Brasil

Exposição e atividades de intercâmbio comemoram o tratado de amizade entre Gifu e BrasilO veterano violonista japonês Tadao Notokawa nunca foi ao Brasil. Mas é um apaixonado pela música brasileira. Ele conta que 20 anos atrás ouviu Garota de Ipanema e descobriu outros ritmos da Bossa Nova e MPB que até hoje toca ao violão.

Ele e o percussionista Shigueo Matsubara mostraram ontem um pouco do Brasil a visitantes do Centro Internacional de Gifu. Um pouco da música brasileira, em comemoração aos 100 anos do Tratado de Amizade entre a província de Gifu e o Brasil.

Alunos do ensino infantil da escola brasileira Hiro Gakuen, de Ogaki, também se apresentaram. Crianças que na maioria, nascidas no Japão, nunca estiveram no Brasil. Dançaram uma música do chamado sertanejo universitário, desconhecida dos japoneses.

É a nova geração brasileira no Japão.

Até o próximo dia 29 o Centro Internacional de Gifu promove atividades de intercâmbio e mantém uma exposição de fotos que lembram o centenário da imigração.

Foi em 1913 que zarpou do Japão o navio Wakasa Maru com 1.588 passageiros a bordo. O destino era o Brasil e 44 pessoas de oito famílias eram da província de Gifu.

O Wakasa Maru atracou em Santos um mês e meio depois e os imigrantes de Gifu se fixaram no estado de São Paulo, na maioria.

O Brasil era o mundo novo que embalava o sonho de futuro daqueles imigrantes japoneses no trabalho em lavouras de café. O Gifu Kenjinkai do Brasil, associação dos moradores desta província, foi fundado em 1937 e continua até hoje em atividade.

Neste centenário, são vários os tratados de amizade entre cidades de Gifu e de São Paulo, principalmente nas regiões de Guararema, Mogi das Cruzes, Campinas e Registro.

Promovem o intercâmbio cultural e a cooperação econômica. As fotos em exposição destacam esta relação de amizade.

Gifu é o centro geográfico do Japão. É a sétima maior província do país, com área territorial de 10 mil km2 e cerca de 2 milhões de habitantes, com aproximadamente 15 mil brasileiros vivendo na província.
Fonte: IPCTV

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: