Deixe um comentário

Medidas econômicas de emergência superiores às de 2008, com benefício em dinheiro para população

O governo está em fase de formulação urgente de medidas econômicas sem precedentes, as quais deverão ultrapassar as tomadas durante o Lehman Shock

shinzo abe4
Com a expansão do novo coronavírus, o Primeiro-Ministro Shinzo Abe informou no sábado (28) que está formulando um pacote de medidas econômicas de emergência.

Segundo Abe são superiores ao da crise de 2008, quando ocorreu a falência do Lehman Brothers, de magnitude sem precedentes. Para compreender essa escala, na época foram 56,80 trilhões de ienes, perfazendo mais de 10% do PIB (produto interno bruto) nominal.

Benefício em dinheiro para as famílias
Também informou que fornecerá uma provisão em dinheiro para pessoas físicas, especialmente para as famílias cuja renda diminuiu, e para as PMEs-pequenas e médias empresas afetadas pela desaceleração econômica, para que possam manter os empregos.

Pretende alocar esses recursos no orçamento do país ainda neste ano fiscal. “Gostaria de compilar em cerca de 10 dias e enviá-lo à Dieta imediatamente”.

Quer manter o emprego do povo
Esse pacote será focado em 5 medidas, incluindo as para evitar a propagação da infecção, desenvolvimento de vacina e medicamentos, provisão médica, mas também da manutenção do emprego e continuidade das atividades das empresas.

Ressaltou que, quando a propagação da infecção foi suprimida, “nos concentraremos em medidas ousadas de curto prazo para aumentar a demanda, nos setores de viagens, transporte, alimentação fora e eventos”.

Situação de emergência
Enquanto isso, a sede de contra medidas já decidiu sobre a força-tarefa do governo e já estabeleceu procedimentos legais no caso de precisar declarar situação de emergência.

Nesse sentido, Abe afirmou que, apesar de ainda não tê-la feito não pode prever o fim do período de disseminação, mas reconheceu que está no momento crucial e que terá que empreender em uma batalha de longo prazo.

Reabertura das escolas
Enquanto isso, à medida que o número de pessoas infectadas aumenta em Tóquio e em outras províncias de Kanto e Kansai o governo ouvirá as opiniões do grupo de especialistas ainda esta semana para tomar decisão em relação à reabertura das escolas a partir do novo período.

A perspectiva é de que em abril possa distribuir 11 milhões de peças de máscara de tecido para estudantes do ensino elementar e médio, também para os professores.
Fonte: Portal Mie com Nikkei e NHK

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: